Notícias


03/09/2015 - 09:26:37

Caso Bernardo: Justiça nega recursos e mantém júri popular





O juiz Marcos Agostini manteve o júri popular no caso da morte do menino Bernardo Boldrini. Ele negou dois embargos de declaração contestando pontos da decisão que determinou a forma de julgamento para os quatro réus acusados da morte ocorrida em abril do ano passado. Os recursos foram apresentados pelas defesas da madrasta do garoto, Graciele Ugulini, e da amiga dela, Edelvânia Wirganovicz, que confessou participação no crime.

Antes de analisar os pedidos, Agostini observou que os embargos de declaração não servem para reverter uma decisão, mas apenas para completar uma sentença omissa ou torná-la clara, quando for obscura, ambígua ou contraditória. Entre as alegações de Graciele, o juiz refutou a possibilidade de que alguma testemunha tenha, antes de depor, lido ou ouvido pela imprensa o que as demais declararam.

Com informações do TJ-RS
Postado por: Maira Kempf

Mais Notícias

Enquete ver parcial

Você acha que Lula deve ser preso?

E-mail: [email protected]

Fone: (55) 3781-1255

Endereço: Pe. Roque Gonzáles, 08, Centro

Santo Augusto | RS | Brasil | 98590-000