Notícias


14/06/2017 - 09:11:27
Postado por: Maira Kempf

Conselho Federal de Enfermagem cassa registro da madrasta de Bernardo




O Cofen decidiu pela cassação do registro da enfermeira por 30 anos

A última instância do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), julgou na terça-feira, 13, o processo ético-disciplinar contra a enfermeira Graciele Ugulini, que responde por homicídio qualificado na morte do enteado Bernardo Boldrini, assassinado em abril de 2014, aos 11 anos.

O Cofen decidiu pela cassação do registro da enfermeira por 30 anos, acompanhando o parecer do Conselho Regional de Enfermagem do RS (Coren-RS), encaminhado em agosto de 2016.

No ano passado, os conselheiros do Coren-RS votaram por unanimidade pela cassação do direito ao exercício profissional de Graciele, ao entender que a enfermeira teria infringido artigos do código de ética da profissão. A plenária concluiu que ela teria participado de atos premeditados, com o objetivo de causar a morte de Bernardo, utilizando-se de seu conhecimento técnico na área para tirar a vida criança.

 

Fonte: Zero Hora

Mais Notícias

Enquete ver parcial

Você aprovou a escolha de Moro para ser ministro?