Notícias

12/06/2018 - 11:38:07
Postado por: Maira Kempf

Temporais causam danos em cidades da região




Em Santo Augusto, houve queda de árvores e alagamento de estradas

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul alerta desde a madrugada de ontem, 11, para possíveis temporais, chuva intensa e possibilidade de granizo. O alerta incluiu o dia de ontem e esta terça-feira, 12 nas regiões Norte, Nordeste e Noroeste do Estado.


Em Santo Augusto, segundo o coordenador da Defesa Civil, Antônio Stival, o registro é apenas de chuva intensa com vento moderado e princípio de queda de granizo. Houve queda de árvores e alagamentos em estradas no interior, como na que liga São Valentim a São Pedro. O acumulado de chuva em Santo Augusto, de acordo com a Estação Automática do INMET, foi de 83 milímetros, a força do vento chegou a 61 quilômetros por hora.

Região 
Em Chiapetta, no início da tarde de ontem houve um ciclone de baixa intensidade no município, não houve danos. Em Crissiumal houve um forte temporal com rajadas de vento, chuva torrencial, raios, trovões e granizo. A Defesa Civil regional, que tem sede em Frederico Westphalen, informou que em Sarandi, São Pedro das Missões, São José das Missões e em Santa Bárbara do Sul, devido à queda do granizo, houve destelhamentos. Em Santa Bárbara do Sul foram 300 casas danificadas.


Em municípios da região, como em Redentora houve queda de granizo e até destelhamento de residências. Lonas tiveram que ser distribuídas aos moradores. Município próximo, Dois Irmãos das Missões, também houve ventania e queda de árvores, postes e até um silo agrícola foi danificado. O mesmo ocorreu em Taquaruçu do Sul, onde na madrugada de hoje o temporal arrancou todo o telhado de uma residência. 

Temporal causou mortes no Estado
Os temporais também causaram prejuízos em cidades do Vale do Caí, da Serra, da Região Central.  Em Ciríaco, o temporal causou uma morte na área rural. De acordo com familiares, o vento forte derrubou a casa de madeira em que José de Arquiles morava. Ele foi levado por parentes até o Hospital São José, em David Canabarro, onde não resistiu aos ferimentos. De acordo com o laudo médico do hospital, a vítima sofreu politraumatismo no corpo e fratura no crânio. A idade dele não foi revelada. 

A segunda morte em virtude dos temporais foi em Sarandi. Lá o temporal causou inúmeros estragos em residências, prédios, automóveis e propriedades rurais, porém o local mais castigado foi na Linha Baios e Águas do Angico, onde o vento foi tão forte que destruiu completamente algumas casas, e devastou a rede elétrica.  A destruição de uma das casas na Linha Águas do Ângico causou a morte de uma mulher, ela foi identificada como Rita Didomenico. Outras duas pessoas ficaram feridas com o desabamento da residência e estão hospitalizadas. O forte vento causou um acidente entre caminhões na RS 404, segundo informações de um dos motoristas, o vento deslocou a traseira de um dos veículos, sem carga, e provocou o tombamento.

Alagamento da estrada entre São Valentim e São Pedro - Santo Augusto
Alagamento da estrada entre São Valentim e São Pedro - Santo Augusto
Alagamento da estrada entre São Valentim e São Pedro - Santo Augusto
Granizo em São José das Missões
Postes caídos em Dois Irmãos das Missões
Dois Irmãos das Missões
Casa destelhada pela força do vento em Taquaruçu do Sul
Queda de árvore na Praça Pompílio Silva

Mais Notícias

Enquete ver parcial

O que você diria sobre seu candidato à presidência do Brasil?

E-mail: [email protected]

Fone: (55) 3781-1255

Endereço: Pe. Roque Gonzáles, 08, Centro

Santo Augusto | RS | Brasil | 98590-000