Notícias


10/07/2018 - 08:49:16
Postado por: Maira Kempf

Ampliação da subestação da Ceriluz de Santo Augusto dará suporte para aumento de carga




Em Santo Augusto será instalado um transformador de 10 MVA, elevando sua capacidade de 10MVA para 15 MVA!

A Ceriluz ampliou a capacidade instalada das suas duas subestações, a SE Ceriluz 01 – Reinholdo Luiz Kommers, e a SE Ceriluz 02 – Aparício Piccinin. Isso ocorreu a partir da troca inicial de um transformador da Subestação Ceriluz 01 – Reinholdo Luiz Kommers, localizada na comunidade de Chorão, em Ijuí, que passou de uma potência de 20 Megavolts-ampere (MVA) para 22,5 MVA. A Subestação Reinholdo Kommers possui dois transformadores e ambos eram de 10MVA, porém, um deles foi substituído por um novo de 12,5 MVA, totalizando investimento de R$1,2 milhões. Desde seu funcionamento, esta foi a segunda vez que a estrutura passou por uma ampliação da capacidade de carga. Em janeiro de 2013 a Cooperativa efetivou a substituição de dois transformadores de 5 MVA por outros dois de 10 MVA, dobrando a sua capacidade.

Esse investimento na subestação de Ijuí também terá reflexos na Subestação Ceriluz 02 – Aparício Piccinin, localizada na comunidade de São Jacó, em Santo Augusto. Isso porque, o transformador de 10 MVA retirado da subestação de Ijuí irá substituir um transformador de 5 MVA da subestação de Santo Augusto, elevando sua capacidade de 10MVA para 15 MVA.

A ampliação de capacidade das duas unidades de transformação traz mais segurança para os associados que poderão ampliar seus investimentos, como explica o engenheiro eletricista responsável pelo setor de redes, Bráulio Schussler. “As duas subestações trabalhavam com a capacidade para, no caso da falha de um equipamento, o outro conseguir assumir toda a carga, no entanto, com o aumento de ligações que tivemos para atender pivôs de irrigação, principalmente na Subestação de Santo Augusto, dependendo a época do ano, um transformador não conseguia mais absorver a carga pelos dois. Esse foi o principal motivo que nos levou a fazer esse aumento de capacidade destas duas subestações”.

O segundo motivo das trocas foi a necessidade de um transformador reserva. Com esse remanejamento o transformador do 5MVA retirado da Subestação Aparício Piccinin será desativado provisoriamente podendo ser reaproveitado em caso de dano a algum dos transformadores em operação. Num médio prazo ele será reutilizado em uma nova subestação a ser implantada em local estratégico ainda a se definir, para a segurança energética na área de ação da Ceriluz. Além dessas duas subestações, SE Reinholdo Kommers e SE Aparício Piccinin, a Cooperativa possui conexão com a Subestação Ijuí 01, no município de Ijuí, de propriedade da CEEE.

 

Fonte: Ceriluz 

Mais Notícias

Enquete ver parcial

Você aprovou a escolha de Moro para ser ministro?