Notícias


06/02/2019 - 16:51:26
Postado por: Redação

PRE de Santo Augusto intensifica fiscalização com radar fotográfico




Já são seis meses sem registros de acidentes com morte na área de atuação do pelotão de Santo Augusto!

A Polícia Rodoviária Estadual de Santo Augusto está alertando a respeito dos perigos na ERS-571 entre Santo Augusto e Chiapetta e partes do trecho da ERS-155, os quais estão em condições precárias de trafegabilidade. 
De acordo com o Sargento Machado, apesar das más condições em alguns locais, a PRE não registra acidente com morte desde o dia 10 de agosto de 2018. Para que isso seja possível, mantém fiscalização intensa, inclusive à noite. Recentemente a PRE também adquiriu um radar fotográfico. 
O Sargento ressaltou que mesmo com a fiscalização, uma das principais causas de acidente no trânsito segue sendo a imprudência dos motoristas. 

Abaixo, algumas dicas; 
ESQUEÇA O CELULAR ENQUANTO DIRIGE 
Sabia que o uso do celular ao volante aumenta as chances de acidente em até 400%? E não se engane achando que só uma olhadinha não tem perigo, porque poucos segundos para ler ou enviar uma mensagem já podem ser decisivos. 

EVITE MUDANÇAS REPENTINAS DE FAIXA 
Sempre sinalize ao mudar de faixa e só o faça quando tiver certeza de que isso não representará nenhum risco. Mas não confie apenas no retrovisor, pois o carro tem pontos cegos, viu? Vire a cabeça para ver quem está a seu redor, sejam motos, bicicletas ou outros carros. Isso evitará colisões laterais com outros veículos. 

CUIDE PARA NÃO EXCEDER A VELOCIDADE 
Dirija em uma velocidade segura para as condições da via, levando em conta fatores como iluminação, desgaste do asfalto, chuva, quantidade de veículos e assim por diante. O excesso de velocidade não só faz com que você perca dinheiro com multas, mas também reduz o tempo de reação na pista, facilitando as colisões. 

MANTENHA UMA DISTÂNCIA SEGURA DO VEÍCULO DA FRENTE 
O ideal é manter distância suficiente para reagir em casos de freadas bruscas. Embora essa extensão possa variar conforme as condições da pista, do clima e do fluxo de trânsito. 

ATENTE PARA A MANUTENÇÃO DO CARRO 
A manutenção inclui verificar a condição dos pneus, o nível do óleo, os freios, os faróis e outras peças mecânicas, como suspensões e amortecedores. É indicado que essa revisão seja feita de 6 em 6 meses ou a cada 10 mil quilômetros rodados. 

USE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA 
Embora obrigatórios, o cinto e o capacete não evitam acidentes, mas reduzem os riscos de ferimentos graves. Lembre-se de que, ao tomar medidas preventivas, você contribui para um trânsito mais seguro e pode até salvar vidas. 

FUJA DO VOLANTE SOB O EFEITO DE ÁLCOOL OU DROGAS 
Além da tolerância zero estipulada pela lei, não dirigir sob efeito de álcool previne muitos acidentes. Por isso, se for beber, deixe as chaves em casa e use o transporte público ou chame um táxi. O mesmo vale para drogas, mesmo as lícitas. Assim, se precisar tomar algum medicamento, verifique se ele não causa sonolência ou diminuição dos reflexos. 

LEMBRE-SE DE QUE VEÍCULOS MAIORES DEVEM CUIDAR DOS MENORES 
De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, os veículos maiores devem prezar pela segurança dos menores, os motorizados devem proteger os não motorizados e todos juntos precisam zelar pelos pedestres. 

RESPEITE A SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO 
Placas, sinais e faixas de pedestre não servem apenas para enfeitar as vias! Acredite: muitas e muitas vezes, os acidentes acontecem simplesmente pelo desrespeito a uma placa de Pare ou por uma ultrapassagem feita em local proibido. 

Mais Notícias

Enquete ver parcial

A maioria da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos...e você?