Notícias

05/10/2010 -

Devagar no cafezinho: excesso de cafeína pode prejudicar os ossos




Exceder no consumo de café ou outros alimentos ricos em cafeína pode prejudicar a absorção de cálcio pelo organismo e elevar os riscos de doenças ósseas. De acordo com a nutricionista Fernanda Bortolon, os efeitos tornam-se maléficos quando o consumo for maior do que três xícaras pequenas por dia e se a ingestão de cálcio for abaixo de 800 mg diários.

Ela explica que a cafeína aumenta a excreção de cálcio pela urina. O cálcio é um dos nutrientes mais importantes para o desenvolvimento e manutenção de ossos saudáveis. A deficiência desta substância no organismo pode causar a osteoporose.

Em contrapartida, segundo a nutricionista, os estudos que abordam o consumo de cafeína e o desenvolvimento de osteoporose ainda são contraditórios, pois o desenvolvimento da doença não depende somente do metabolismo do cálcio.

— Outros nutrientes estão envolvidos, como: manganês, magnésio, vitamina D, boro. Também devem ser levados em conta fatores como idade, sexo, raça, atividade física, consumo de álcool, uso de medicamentos e fumo. Só há risco quando a ingestão de café for realmente excessiva e se a alimentação for pobre em outros minerais envolvidos.

Dos alimentos que contém cafeína, é no café que se encontra a substância em maior quantidade. Uma xícara média de café contém, aproximadamente, 100 miligramas de cafeína. Já uma xícara de chá ou um copo de certos refrigerantes contém, em média, 40 miligramas.

Por exercer ação estimulante no sistema nervoso central, se consumida em grande quantidade, a cafeína também pode causar irritabilidade, ansiedade, inquietação e insônia.

— Um estudo sobre os efeitos da cafeína na saúde humana indicou que seu consumo moderado (máximo de 4,6 mg/kg de peso), por adultos saudáveis em idade reprodutiva, não está associado a efeitos adversos. De forma geral, para aqueles que apreciam as bebidas à base de cafeína, procure não consumir mais do que o recomendado, de até três xícaras (chá) por dia —recomenda Fernanda.

— Sendo assim, não precisa cortar o cafezinho de todo dia, o chocolate consumido esporadicamente e os chás. Não ultrapasse a quantidade adequada por dia, que sua saúde e bem-estar não serão prejudicados.

Principais alimentos que contém o princípio ativo da cafeína:

:: chá mate

:: cola e os frutos do guaraná: refrigerantes

:: café

:: cacau: chocolates

Mais Notícias

Enquete ver parcial

O que você diria sobre seu candidato à presidência do Brasil?

E-mail: [email protected]

Fone: (55) 3781-1255

Endereço: Pe. Roque Gonzáles, 08, Centro

Santo Augusto | RS | Brasil | 98590-000