Notícias


20/11/2011 -

Mulheres lotam o auditório do Campus para conhecer o programa "Mulheres Mil"




Mais de 50 mulheres participantes de programas do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) compareceram ao auditório do Campus Santo Augusto, na tarde desta sexta-feira, 18, para conhecer o Programa Mulheres Mil e realizar inscrições, caso tenham interesse em participar. Esse foi o primeiro grupo a tomar conhecimento dos benefícios  do Programa, em Santo Augusto, onde as atividades deverão ter início no primeiro semestre de 2012 .  O Mulheres Mil foi implantado em 13 Institutos Federais (IFs) das regiões Norte e Nordeste. De 2008 a 2011, os IFs ofertaram cursos para mulheres que viviam à margem dos direitos sociais, educacionais e culturais.Com os impactos e os resultados dos projetos, o Mulheres Mil transformou-se em programa e será implantado em todas as unidades da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica até 2014. O programa  também integrará as ações de erradicação da miséria do Governo Federal e será lançado pela presidenta Dilma Rousseff.Ainda neste ano, 100 campi da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica deverão beneficiar 10 mil mulheres com a aplicação do programa. Em 2014 serão 100 mil mulheres beneficiadas.Em Santo Augusto, a meta é que o Programa atinja 100 mulheres do município e região, que terão a oportunidade de estudar e aprimorar seus conhecimentos nas mais diversas áreas. A dona de casa Alzira Franco de Oliveira, que mal frequentou a escola,  foi uma das que se inscreveram em Santo Augusto, na tarde desta sexta-feira. Além de tudo o que imagina que poderá aprender nas aulas teóricas e práticas, ela deseja se aprimorar na elaboração de massas.  Também muito animada enquanto fazia a inscrição, Lorisa Marisa Pereira, espera aprender mais do que já sabe e aprender principalmente a falar inglês. Ela mora em Santo Augusto há 30 anos, e estudou até a 6ª série. Ela acha que "essa é uma oportunidade incrível, que as mulheres de Santo Augusto e região não devem perder. Temos que incentivar a mulherada a participar, a aprender" - diz, ansiosa por iniciar logo as atividades. 

                               

Fonte: Stela Paris/IFF

Mais Notícias

Enquete ver parcial

Você acha que Lula deve ser preso?

E-mail: [email protected]

Fone: (55) 3781-1255

Endereço: Pe. Roque Gonzáles, 08, Centro

Santo Augusto | RS | Brasil | 98590-000