Geral
Lucas Amorelli / Agencia RBS

100 dias sem esporte: o que mudou, o que voltou e o que segue sem previsão de retorno

23 de junho de 2020 Alguns treinos foram retomados, mas competições ainda não têm datas definidas para reinício


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta terça-feira (23), completam-se 100 dias sem a realização de competições esportivas no Rio Grande do Sul. A última rodada do Gauchão foi disputada no dia 15 de março. No dia seguinte, a competição foi suspensa, o que dura até hoje. A previsão para a retomada do campeonato é para a segunda metade de julho, mas poderá ser novamente adiada, caso a situação dos municípios que têm clubes na primeira divisão do Estadual não apresentem melhores condições no combate à covid-19.

A pandemia também afetou a preparação de atletas que buscavam uma vaga para a Olímpiada de Tóquio, que será disputada em 2021. Clubes como Grêmio Náutico União e Sogipa suspenderam as atividades ainda em março. Os trabalhos foram retomados em maio, mas não de maneira integral.

Abaixo, confira os principais momentos deste período sem esporte no Estado:

16/3 – Paralisação do Gauchão

O Campeonato Gaúcho de 2020 foi suspenso, inicialmente, por 15 dias. A decisão foi tomada após reunião com 10 clubes participantes, na sede da FGF, em Porto Alegre.

17/3 – Dupla Gre-Nal suspende atividades

Os dois principais clubes do Estado anunciaram a paralisação das atividades, incluindo treinamentos. Assim, os atletas e comissões técnicas passaram a trabalhar de casa.

17/3 – Grêmio Náutico União e Sogipa suspendem treinos

O Grêmio Náutico União (GNU) anunciou a suspensão dos treinamentos dos seus atletas profissionais. A instituição também não realizará eventos sociais e demais atividades coletivas do clube a partir da quarta-feira (18). A Sogipa também confirmou a paralisação das atividades.

21/3 – Avaliações clínicas na dupla Gre-Nal

A dupla Gre-Nal realizou neste dia avaliações clínicas nos seus atletas e funcionários ligados ao futebol. Nenhum deles apresentou sintomas e, por isso, não foram submetidos a exames para detectar a presença de coronavírus.

23/3 – Férias antecipadas e redução de salários na Dupla

A Comissão Nacional de Clubes decidiu propor a antecipação das férias e uma redução de 25% nos salários dos jogadores em razão da paralisação do futebol pela pandemia de coronavírus.

24/3 – Divisão de Acesso parada por prazo indeterminado

A FGF suspendeu por tempo indeterminado a Divisão de Acesso, que inicialmente havia sido paralisada por apenas 15 dias.

26/3 – Gauchão paralisado por tempo indeterminado

Depois de uma videoconferência entre dirigentes da FGF e dos clubes, foi definido que o Gauchão seguiria paralisado por tempo indeterminado.

27/3 – Dupla anuncia férias coletivas

Grêmio e Inter anunciaram férias coletivas para seus jogadores e comissão técnica de 1º a 20 de abril, inicialmente.

1º/4 – Férias na dupla Gre-Nal

Em 1º de abril, os jogadores e comissões técnicas de Grêmio e Inter entraram em férias.

14/4 – Férias ampliadas

Em videoconferência, os clubes das série A e B decidiram ampliar por mais 10 dias as férias de seus jogadores e comissões técnicas. Assim, voltariam apenas no início de maio, e não mais no dia 21 de abril, como previsto.

1º/5 – Autorizados a treinar

As férias dos jogadores de quase todos os 40 times das séries A e B do Brasileirão foram estendidas por mais 10 dias — fechando, assim, um mês de recesso. A decisão foi tomada em reunião por videoconferência pela Comissão Nacional de Clubes com a CBF.

5/5 – Dupla Gre-Nal volta aos treinos

Os atletas de Grêmio e Inter se reapresentaram no dia 5 de maio para a volta das atividades nos CTs dos clubes. Todos passaram por testes para verificar a incidência de covid-19.

5/5 – Reunião entre FGF e governo do RS

Na primeira reunião após o retorno dos principais clubes aos treinos entre o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, e o governador Eduardo Leite, foi descartada a ideia de retomada do Estadual ainda em maio.

6/5 – Atletas da Sogipa retornam aos treinamentos

Parte dos judocas da Sogipa retornou as atividades na sede do clube, em Porto Alegre, nesta quarta-feira (6). Os 12 atletas que estão garantidos ou ainda têm chance de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem, foram divididos em três grupos de quatro judocas para que não haja aglomeração nas instalações do clube.

10/5 – Treinos cancelados e volta atrás

Em manifestação um dia antes, o governador Eduardo Leite afirmou que na bandeira laranja — caso de Porto Alegre — os treinos nos clubes esportivos deveriam ser suspensos. A dupla Gre-Nal chegou a anunciar o cancelamento das atividades, mas elas puderam ser retomadas graças à interpretação diferente do decreto de distanciamento controlado do governo do Estado.

10/5 – GNU retoma treinos físicos

O Grêmio Náutico União informou nesta segunda-feira (11) que irá retomar os treinamentos físicos de parte dos atletas nesta quarta-feira (13). A decisão foi tomada após a publicação do decreto estadual de distanciamento controlado, posto em vigor a partir desta segunda. As atividades físicas ocorrerão apenas na sede do Moinhos de Vento e envolverão o menor número de pessoas possível, respeitando as normas estabelecidas, além do protocolo de higienização e segurança já desenvolvido pelo clube.

12/5 – Volta em julho e sem rebaixamento

Os clubes da primeira divisão do Campeonato Gaúcho tiveram uma reunião com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), em que ficou estabelecida a volta do Estadual entre o fim de julho e início de agosto e sem rebaixamento em 2020.

18/5 – São José volta aos treinos

Depois da dupla Gre-Nal, o primeiro dentre os outros 10 clubes da primeira divisão do Gauchão a voltar às atividades foi o São José.

3/6 – Previsão de volta para 15 de julho

Após reunião da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) com os clubes, o dia 15 de julho passou a ser a data-base para o retorno do Gauchão.

4/6 – Gauchão regionalizado

Para viabilizar o retorno do Estadual em 15 de julho, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, afirmou que o Gauchão poderia ter sedes regionalizadas.

5/6 – Alteração em decreto

Uma mudança no decreto de de distanciamento controlado do governo estadual abriu margem para que os municípios com bandeira amarela ou laranja estabelecessem regras próprias, que podem permitir a realização de treinos coletivos e jogos de futebol no Rio Grande do Sul.

8/6 – Caxias volta aos treinos

O Caxias voltou aos treinos no dia 8 de junho. Os funcionários do clube passaram por testes e nenhum teve verificada a incidência de covid-19.

8/6 – Nova data no horizonte

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, confirmou que o recomeço do Gauchão poderia ficar para 19 de julho, para que as equipes tenham mais tempo de retreinamento. A ideia era que o campeonato fosse finalizado em 9 de agosto, no Dia dos Pais.

12/6 – Juventude agenda volta às atividades

Juventude submeteu os funcionários ao teste para identificar o coronavírus, e todos os profissionais apresentaram resultado negativo. Assim, o clube imaginava voltar aos treinos nesta segunda-feira, dia 15.

13/6 – Serra na bandeira vermelha

O governo estadual atualizou as bandeiras que indicam o risco de contágio por coronavírus e a região da Serra passou para a bandeira vermelha, considerada de risco alto. Assim, o Caxias teve de suspender os treinos, e Juventude e Esportivo ficaram impedidos de reiniciar as atividades.

15/6 – Retorno considerado difícil

Em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV, o governador Eduardo Leite afirmou que, neste momento, “parece difícil” o retorno do Campeonato Gaúcho. Assim, ainda será preciso aguardar as atualizações das bandeiras pelo Estado para saber quando e se será possível a retomada do Gauchão.

18/6 – FGF apresenta plano ao governo do Estado para retomada do Gauchão

O protocolo para a retomada do Gauchão foi apresentado nesta quinta-feira (18) pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) ao governo do Estado. O documento foi entregue aos secretários de esportes, Francisco Vargas, e do Gabinete de Crise, Cláudio Gastal. Entre os pontos, estão incluídas a limitação de pessoas nos estádios e a testagem para os envolvidos nas partidas. Além disso, o campeonato seria limitado às regiões da Serra e Metropolitana. A data prevista para o reinício segue sendo o dia 19 de julho.

20/6 – Porto Alegre na bandeira vermelha

No sábado (20) foi anunciado pelo governo do Estado que Porto Alegre foi para a bandeira vermelha do modelo de distanciamento controlado, o que deixou dúvidas a respeito da continuidade dos treinos da dupla Gre-Nal e do São José.

21/6 – GNU fecha novamente

O Grêmio Náutico União anunciou que voltará a fechar suas portas, de forma temporária, a partir de segunda-feira (22), tanto para atletas profissionais quanto para associados. A medida ocorre por conta da decisão do governo do Estado de mudar a classificação de Porto Alegre para a bandeira vermelha no combate ao coronavírus. A instituição, junto da Sogipa,  aguarda definições por parte do governo do Estado do Rio Grande do Sul e da Prefeitura de Porto Alegre para seguir ou não com suas atividades.

22/6 – Treinos de clubes de futebol mantidos em Porto Alegre

Apesar da mudança de Porto Alegre para a bandeira vermelha na classificação do distanciamento controlado do governo do Estado, Grêmio, Inter e São José estão autorizados a seguir realizando treinos em seus CTs.

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!