Andre Motta

A Copa América do Brasil, que não é pros brasileiros

17 de junho de 2019


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um evento de futebol que tem a presença de grandes seleções (Brasil, Uruguai, Argentina) sendo realizado no país do futebol, tem que ser garantia de sucesso, não é? Só que não!

No caso do Brasil de hoje, isso seria impossível.  De tantas reformas que estamos acostumados a ouvir nos últimos anos, acabou que o torcedor Brasileiro também se reformulou, a fim de buscar a sua sobrevivência.  Já há certo tempo que o futebol deixou – pelo menos para boa parte do povo – de ser o atrativo principal.

No caso específico da Copa América, além da Seleção Brasileira, não ser assim, tão brasileira e convidativa, o que mais pesa é o preço exorbitante dos ingressos, alguns acima de R$ 500,00. No jogo de estreia do Brasil x Bolívia, haviam quatro faixas de preço para o jogo do Morumbi: R$ 190, R$ 290, R$ 390 e R$ 590. Se na arquibancada é um fracasso de púbico, por outro lado é um sucesso de renda. Nesse jogo passou dos 22 milhões de reais.

Outro fator que deve estar influenciando na baixa de público da Copa América, é o fato de que os grandes times brasileiro estão em plena atividade, e que logo vai chegar os jogos decisivos para essas equipes, e o torcedor pode está preferindo deixar para gastar com futebol nesses jogos.

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!