Importadas do site antigo

AMUCELEIRO realiza assembleia em Santo Augusto

23 de agosto de 2018


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Associação dos Municípios da Região Celeiro – Amuceleiro, realizou em Santo Augusto no último dia 17, Assembleia Geral Ordinária. O encontro contou com a participação expressiva de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e secretários dos 21 municípios que congregam a entidade, e esteve inserido na programação da 21ª EXPOFEIRA que aconteceu de 16 a 19 de agosto no município. 

O primeiro assunto abordado foi o eSocial – ferramenta digital que passou a ser obrigatória no país a partir de janeiro de 2018. O eSocial é a nova forma de prestação de informações do mundo do trabalho, e é um projeto conjunto do governo federal que integra Ministério do Trabalho, Caixa Econômica Federal, Secretaria de Previdência, INSS e Receita Federal. 

A iniciativa permitirá que todas as empresas brasileiras possam realizar o cumprimento de suas obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias de forma unificada e organizada, reduzindo custos, processos e tempo. Para as prefeituras, a implantação do eSocial será obrigatória a partir de janeiro de 2019. Nos próximos dias, a Amuceleiro estará promovendo um curso sobre o eSocial, será em Três Passos na sede da associação.

A assembleia também contou com a participação do prefeito de Campo Novo, Antônio Sartori, que juntamente com presidente da Cotricampo, Gelson Bridi, falou aos presentes sobre o projeto da Biorrefinaria de Etanol. Sartori exaltou que são mais de quatro anos de muita luta e persistência, mas que o sonho de instalação da Biorrefinaria na região Celeiro está prestes a se tornar uma realidade, pois o Rio Grande do Sul irá começar a produzir combustível a partir de triticale (cereal híbrido obtido com o cruzamento do trigo e do centeio) em 2020. A novidade é um investimento da Usina Social Inteligente (USI Biorrefinarias), que firmou intenção com o governo do Estado no dia 09 de agosto, para instalar a biorrefinaria em Campo Novo.

Sartori ainda salientou que o projeto é estudado e está sendo acompanhado pela Sala do Investidor, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT). A intenção é instalar uma usina para produção de 100 m³/dia de etanol hidratado carburante a partir de grãos do cereal híbrido, em parceria com cooperativas do município em áreas rurais onde não há cultivo de inverno. Além disso, conforme o protocolo assinado, a USI Biorrefinaria produzirá também 46,5 toneladas/dia de ração animal.
O presidente da Cotricampo exaltou que conforme a diretoria da empresa, o plano de negócios já foi concluído e os próximos passos são obter a licença ambiental de instalação, estimada para 2019, e de operação, em 2020. O investimento deve ser de R$ 70 milhões. A USI Biorrefinaria também já fechou parceria com uma empresa multinacional norte-americana que ficará responsável pela distribuição do combustível.

O prefeito de Chiapetta e presidente da Amuceleiro, Eder Both, salientou a importância de a associação estar engajada nesse processo, pois é um dos empreendimentos mais promissores da história. “É um investimento grandioso que será capaz de mudar a realidade econômica da região. Além do mais, para os agricultores será uma oportunidade de ocupar melhor a terra no período de inverno, onde hoje boa parte das propriedades ficam sem cobertura, pois não se tem muitas alternativas de cultivo viável. Neste sentido, os municípios da Amuceleiro são parceiros e apoiadores do projeto”, concluiu.

Fonte: Amuceleiro

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!