Geral
Mateus Bruxel / Agencia RBS

Casos de feminicídio no RS cresceram mais de 40% em 2018

10 de setembro de 2019 Estado registrou 117 mortes por questões de gênero ou em circunstâncias de violência doméstica no ano passado, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

O Rio Grande do Sul registrou elevação de 40,96% no número de casos de feminicídio —morte por questões de gênero ou em circunstâncias de violência doméstica — em 2018 se comparado ao mesmo período do ano anterior. No ano passado, foram 117 feminicídios, 34 a mais do que em 2017, segundo dados do 13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados na manhã terça-feira (10).

O Estado segue na terceira colocação entre as unidades da federação, ficando atrás apenas de Minas Gerais (156) e São Paulo (136).

Ao colocar uma lupa sobre os números absolutos de homicídios contra mulheres no Estado em 2018, o levantamento aponta que os feminicídios no período correspondem a 57,07% desse total.

No Brasil, o número de feminicídios também registrou elevação, subindo de 1.151 para 1.206 (4,7%).

Queda nos homicídios

O número de homicídios no Rio Grande caiu 20,70% em 2018. Na comparação com as outras 26 unidades da federação, o Estado ocupa a oitava colocação no ranking com 2.355 casos — 615 a menos do que em 2017 —, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

*GaúchaZH

Deixe seu comentário

error: Conteúdo protegido !!!