Geral
Nairo Callegaro — Foto: Divulgação

Conselheiros discutirão afastamento do presidente do MTG

31 de julho de 2019 Motivo seriam denúncias de calote em locadora de carros, acusações feitas por ex-assessora jurídica e prejuízo em eventos oficiais.


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Um grupo de conselheiros do Movimento Tradicionalista Gaúcho encaminhou documento solicitando que o conselho diretor da entidade examine a proposta de afastar o presidente do MTG, Nairo Callegaro, por 45 dias, até que sejam apuradas denúncias apresentadas nas últimas semanas.

Ofício protocolado na convenção da entidade realizada no fim de semana passado, em Jaguarão, sugere a criação de uma comissão que, por 30 dias, apuraria casos como suposto calote a uma locadora de carros, prejuízos em eventos e acusações feitas pela ex-assessora jurídica, Jessilena Etcheverry.

Demitida por Nairo, a advogada descreveu uma espécie de ditadura dentro do movimento, em mensagem encaminhada a conselheiros. Disse que os vice-presidentes do MTG seriam “figuras decorativas” e que acredita ter sido exonerada por ter dado parecer “autorizando” uma prenda transexual a frequentar CTGs. Tal conduta seria contraditória ao discurso público do presidente, que defendeu a diversidade nos galpões.

O presidente do MTG anunciou que vai convocar a reunião solicitada pelos conselheiros. Sobre as acusações da advogada, declarou, em nota, que são maldosas e mentirosas e não condizem com a realidade.

*G1

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!