Instituto Federal Farroupilha
Foto: alunos do IFFar em uma das bibliotecas da instituição - a manutenção das atividades dos alunos são prioritárias (arquivo/Secom)

IFFar anuncia medidas para enfrentamento aos cortes orçamentários

10 de junho de 2019 As medidas incluem cortes de custos e suspensão de atividades, como abertura de novos cursos!


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

Reitora, pró-reitores e diretores de campi do IFFar estabeleceram as estratégias de enfrentamento aos cortes orçamentário na 4ª reunião do Colégio de Dirigentes, no dia 3 de junho. A reitora do IF Farroupilha, professora Carla Comerlato Jardim, disse na reunião que a redução de despesas deve sempre considerar a proteção do objeto principal das atividades da instituição: o ensino público, gratuito e de qualidade.

Carla Jardim também destacou que os gestores têm responsabilidade de garantir o serviço aos alunos já matriculados e sugeriu que continuem sendo asseguradas as atividades finalísticas, na proporção do orçamento liberado, enquanto houver recursos.

O pró-reitor de Administração do IFFar, professor Vanderlei Pettenon, informou que os cortes incidem no segundo semestre de 2019. Ele também disse que nem a suspensão de todos os contratos vigentes atingiria uma equivalência de valor com o montante de recursos bloqueados.

Veja as estratégias definidas para enfrentar o corte:

  • Reuniões e atividades institucionais que envolvam mais de uma unidade deverão ser realizadas por meio do uso de tecnologias a distância;
  • Serão suspensos deslocamentos com viaturas oficiais, exceto para atividades imprescindíveis devidamente justificadas e autorizadas pelo Pró-reitor de Administração;
  • Será suspensa a concessão de diárias, exceto para atividades finalísticas e atividades consideradas imprescindíveis e autorizadas pelos(as) Diretores(as) Gerais, Pró-reitores(as) e Reitor;
  • Será realizado estudo de redimensionamento da força de trabalho dos contratos de serviços terceirizados;
  • Serão suspensas as despesas com capacitação de servidores, exceto aquelas necessárias ao pleno funcionamento administrativo da Instituição (implantação de sistema do governo, por exemplo);
  • Serão suspensos todos os eventos institucionais;
  • Será suspensa a oferta de novos cursos;
  • Será adotado turno único de trabalho, de seis horas ininterruptas, no período do recesso de julho (15/07 a 26/07);
  • Será mantida toda a destinação de recursos planejada para a Assistência Estudantil e projetos/atividades de ensino, pesquisa e extensão, conforme projeção orçamentária e disponibilidade do IFFar;
  • Deverão ser empregados esforços para intensificar medidas de economia de energia elétrica: não utilização de ar-condicionado, uso consciente de iluminação, otimização de configuração de computadores, etc;
  • As unidades do IFFar terão liberdade para adotar outras medidas de economia, de acordo com suas especificidades e obedecidas as deliberações deste parecer;
  • Mantido o corte (bloqueio orçamentário), todas as atividades institucionais serão suspensas no início do mês de setembro.

Secom

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!