Geral

Ministério Público arquiva denúncia contra Prefeito e Vice de Santo Augusto

26 de junho de 2020 A decisão diz que não houve má-fé e nem improbidade por parte do prefeito.


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Ministério Público arquivou uma denúncia de improbidade administrativa contra o prefeito Naldo Wierget (MDB) e o vice-prefeito Marcelo Both (PP) de Santo Augusto.

A denúncia foi feita pelo vereador Douglas de Almeida Bertollo (PDT), após entrevista concedida pelo Prefeito Municipal à emissora de rádio local, em que tornou público o recebimento das referidas verbas, sem que houvesse autorização em lei municipal.

A promotora de Justiça de Corornel Bicaco Fernanda Ramires, que instaurou inquérito civil para apurar as referidas irregularidades, apontou em seu despacho que – “o pagamento de tais verbas sem expressa autorização em lei municipal já foi expressamente rechaçada pelo Supremo Tribunal Federal (STF)”. Em outro trecho, a promotora diz que o tribunal de Contas do Estado (TCE/RS) também ampara a legalidade do ato do prefeito.

A promotora conclui pedindo o arquivamento do inquérito civil, por que segundo ela, não houve má-fé e nem improbidade por parte dos investigados.   “…não há como se concluir que o investigado atuou de má-fé no caso concreto, ao determinar/autorizar o pagamento de gratificação natalina, indenização por férias não usufruídas e terço adicional de férias aos agentes políticos, já que amparado pelo entendimento do TCE. Não se cogita, portanto, da prática de ato de improbidade administrativa, tampouco de buscar-se o ressarcimento ao Erário, já que os perceptores das verbas também agiram de boa-fé, não possuindo ingerência sobre tais pagamentos.

Assim, concluindo pela inexistência de ato de improbidade administrativa, determino o arquivamento do inquérito civil, nos termos do artigo 9º da Lei n.º 7.347/85.”.

Promoção de arquivamento no CSMP (1)

 

 

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!