Geral

Previsão é de tempo seco e de estiagem no RS

14 de janeiro de 2016


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O fenômeno El Niño tem propensão a trazer chuva acima da média no Rio Grande do Sul no verão, e nosso verão climático (dezembro a fevereiro) até agora tem precipitação acima da média no Estado em consequência do dezembro muito chuvoso. Houve áreas do Oeste e do Noroeste do Estado que apenas no último mês tiveram mais de 600 mm, ou seja, mais que a precipitação média histórica do verão inteiro. Agora, como a MetSul pontuou em sua tendência pra esta estação, período secos poderiam ser esperados no decorrer deste verão.

É o que se tem agora em janeiro em muitas áreas do Rio Grande do Sul. Mesmo com El Niño ocorrem meses ou períodos de chuva mais escassa durante a estação quente do ano, mas que, em regra, não são longos sob um episódio clássico do fenômeno. Este período seco que está no seu início pode ser longo e cada dia os dados prolongam mais a sua extensão, logo é crescente a preocupação com a escassez de chuva e até mesmo com o risco de estiagem devido à agricultura.

Conforme quase todas as projeções de modelos analisadas pela MetSul Meteorologia, a perspectiva para os próximos 10 a 15 dias é de chuva muito abaixo da média no Estado. Alguns dados chegam a apontar chuva irregular por mais 30 dias e há modelos de clima que prolongam o quadro ainda mais. O mapa evidencia este padrão agora nesta semana de precipitações inferiores ao normal (em vermelho) nos extremos Sul e Norte do país, e acima da média (azul) no Brasil Central. Não tivesse dezembro sido chuvoso e a agricultura gaúcha já estaria contando prejuízos.

Fonte: MetSul
Postado por: Maira Kempf

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!