Geral

Tuparendi reduziu cerca de 60% dos CCs

8 de janeiro de 2016


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Olavo Pawlac deve fechar ainda nesta sexta‐feira, 08, as contas referentes ao exercício de 2015. Na edição do Noroeste da última semana, Olavo estimava que o déficit seria entre R$ 300 mil e R$ 400 mil. Já nesta semana o prefeito destacou que o número não deve chegar a R$ 150 mil, numa revisão expressiva.
 

 

"O ano foi difícil, pois entramos 2015 com R$ 357 mil em dívidas e tivemos que cortar na carne. No início do mandato a Prefeitura possuía 28 servidores do quadro de CCs, hoje conta com 12. Um corte de cerca de 60%", destacou.

 

Para 2016 a estimativa de Olavo é continuar economizando sem deixar de realizar serviços importantes para a população. "Economizaremos, mas as obras devem seguir. Um exemplo disso é que será licitada nos próximos dias a recuperação do asfalto da Avenida Mauá e outras vias. Na área da saúde o município aguarda receber cerca de R$ 400 mil que estão em atraso, o que ajudará para equilibrar as contas.

 

Questionado sobre a vaga de secretário de saúde, o qual foi exonerado na metade do ano passado, Olavo disse que ainda em fevereiro indicará alguém para assumir a pasta, mas extinguirá a diretoria de saúde.

 

Dpto de Jornalismo RQ

Fonte: Jornal Noroeste

Postado Por: Ed Jr (Goianinho)

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!