Santo Augusto
Foto: Ana Claudia Pelisson

Esclarecimentos sobre remunerações dos agentes públicos de Santo Augusto

29 de abril de 2020


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Na segunda-feira, 27, em sessão da Câmara de Vereadores de Santo Augusto, os vereadores, por 7×1, acataram o veto do prefeito Naldo Wiegert em relação aos projetos que previam reposição salarial aos agentes públicos a partir de 2021 e gratificação natalina aos vereadores da próxima legislatura.
Essa questão tem repercutido e causado certa instabilidade, principalmente entre os servidores públicos, pois os vereadores alegavam, quando da aprovação dos referidos projetos, que a não aprovação e o consequente veto do Prefeito resultaria em prejuízos aos próximos legisladores, os quais não teriam aumento nas remunerações e, por consequência, afetaria também a remuneração dos servidores.
Na tarde de terça-feira, 28, o Poder Executivo se reuniu com Presidente da SINDIMUSA para esclarecimentos sobre as remunerações do funcionalismo público. Em nota, a Prefeitura divulgou que foi esclarecido ao presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santo Augusto – SINDIMUSA, Elias da Silva, que as afirmações são falsas, pois os vencimentos dos servidores municipais estão garantidos para a próxima legislatura e que os agentes políticos poderão ser remunerados através da lei anterior, conforme consta no Artigo 29 da Lei Orgânica do Município.
Elias teria dito que também já havia entrado em contato com o advogado da Federação dos Municipários do Rio Grande do Sul, onde ele obteve informações no mesmo sentido. (Você pode conferir a nota sobre o assunto divulgada pela Prefeitura de Santo Augusto abaixo).
A Rádio Querência tentou contato com o presidente da câmara, para saber se há possibilidade de elaboração de projeto visando à diminuição das remunerações dos agentes públicos, já que é esse o clamor da população, mas não obtivemos resposta.

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!