Geral
Imagem/Rádio progresso/Ijuí

Famílias precisaram deixar as casas em Ijuí após cheias de rios

8 de julho de 2020


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As fortes chuvas das últimas horas causaram transbordamento de rios, alagamentos e outros transtornos em vários municípios da região. Em Porto Lucena, a enxurrada arrastou um carro. No município de Santo Cristo, o rio Monjolo, na Linha Vênus, área rural, saiu fora do leito. Na cidade também houve alagamento. Ainda em Santo Cristo, devido à forte chuva, ocorreu rompimento de duas redes de água que abastecem a população.

Já em Coronel Bicaco, com mais de 100 milímetros, ontem, os Lajeados Faxina e Paiol que circundam a cidade saíram foram dos leitos e algumas casas foram atingidas. Por outro lado, a estrada que liga os municípios de Crissiumal e Nova Candelária foi interrompida pela cheia dos rios Reúno e Magro.

Em Ajuricaba, o rio Lajeado transbordou. Os locais mais afetados são a saída para Palmeira das Missões e o bairro Modelo. Algumas casas foram atingidas pela água. Na cidade de Catuípe, ontem à tarde, aconteceu transbordamento de um rio, no perímetro urbano. A água passou sobre a ponte e interrompeu a passagem de veículos.

E no município de Ijuí, a coordenadora municipal da Defesa Civil, Sandra Martins, presta auxílio a moradores dos distritos de Chorão e Itaí, que residem próximos aos rios Azul e Ijuí. Segundo a coordenadora, ontem à tarde entre seis e sete famílias precisaram deixar as casas no distrito de Chorão, pois a água do rio Azul invadiu os imóveis.

As pessoas foram alocadas em residências de familiares e amigos. Porém, no início desta manhã a coordenadora da Defesa Civil voltou ao distrito de Chorão e pôde perceber o recuo das águas do rio Azul, com isso, as famílias começam a voltar para as residências.

Por outro lado, às 5 horas e 30 minutos de hoje, a coordenadora da Defesa Civil de Ijuí foi chamada para socorrer uma família no distrito de Itaí, visto transbordamento do rio Ijuí. Essa família teve que erguer os móveis na casa, pois o imóvel está com cerca de meio metro de água na parte interna. Três famílias estão isoladas nessa área no distrito de Itaí, com água que invadiu as casas.

Na cidade de Ijuí também houve pontos de alagamentos, mas de menor intensidade, especialmente onde as casas foram construídas abaixo do nível das ruas. Já na Linha 7 Norte, interior de Ijuí, houve alagamento de algumas casas.

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!