Instituto Federal Farroupilha

IFFar retoma atividades acadêmicas não presenciais na próxima segunda-feira

31 de julho de 2020 O primeiro semestre deve ser concluído até 25 de setembro!


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

O Conselho Superior do Instituto Federal Farroupilha (Consup) aprovou o retorno das atividades acadêmicas não presenciais a partir da próxima segunda-feira, 3 de agosto. O primeiro semestre deve ser concluído até 25 de setembro.

As atividades presenciais do IFFar foram suspensas no mês de março em virtude da pandemia de Covid-19. Em abril, as atividades acadêmicas começaram a ocorrer de forma remota. Até então, a legislação permitia que apenas 40% das atividades acadêmicas dos cursos fossem realizadas de forma não presencial. Os cursos do IFFar atingiram esse percentual em maio, quando o calendário acadêmico precisou ser suspenso.

Uma portaria publicada pelo MEC, em junho, alterou o regulamento e passou a permitir, em caráter emergencial, a substituição de disciplinas presenciais por atividades letivas que utilizem tecnologias digitais até 31 de dezembro de 2020. Na prática, o calendário acadêmico das instituições de ensino pode ser retomado através de atividades não presenciais.

Considerando a portaria do MEC e as previsões das autoridades que não indicam a possibilidade de retomada de atividades presenciais num futuro próximo, o Consup, em reunião realizada na última sexta-feira (24), decidiu pelo retorno das atividades acadêmicas não presenciais a partir do dia 3 de agosto.

O primeiro semestre letivo de 2020 deve ser concluído até 25 de setembro. O segundo semestre também se dará através de atividades acadêmicas não presenciais.

Em vídeo gravado para a comunidade acadêmica, a reitora do IFFar, professora Carla Jardim, disse que “o ensino remoto se torna a estratégia viável neste momento para podermos concluir o primeiro semestre, dando continuidade a formação dos estudantes e garantindo o distanciamento social”.

Carla Jardim destacou que o momento atual exige adaptação, reinvenção e aprendizagem constante de toda a comunidade acadêmica. Para viabilizar o retorno das atividades, ela citou que o IFFar vai viabilizar o acesso a internet. A instituição também tem em andamento um curso de formação em atividades não presenciais para servidores.

Realização de atividades não presenciais exige reorganização de disciplinas

Durante a reunião do Consup, o Comitê Assessor de Ensino (Caen), setor vinculado à Pró-reitoria de Ensino do IFFar, divulgou um parecer com orientações para elaboração do planejamento de retomada do calendário acadêmico de forma remota.

De acordo com o Caen, para retomar as atividades acadêmicas não presenciais, é necessária a reorganização das disciplinas e dos conteúdos programados para serem desenvolvidos remotamente.

Cabe aos Colegiados de Curso e, nos Cursos de Graduação, também ao Núcleo Docente Estruturante, a definição dos componentes que terão substituição de atividades presenciais por atividades remotas, acompanhamento das devidas adaptações e a proposição de critérios avaliativos para este período de atividades. O Caen recomendou que os campi formem grupos de trabalho para planejar as atividades coletivamente.

O parecer do Caen também sugere a utilização de algumas estratégias para a reorganização das atividades acadêmicas, como a utilização de recursos multimídia; a comunicação clara e objetiva com os estudantes, deixando claro objetivos de aprendizagem e o que se espera dos estudantes; e dosagem no número de atividades repassadas aos alunos.

 

*IFFAR

Deixe seu comentário

error: Conteúdo protegido !!!