Mundo
Giulio Gallera, principal responsável pela saúde na região da Lombardia, afirmou que houve desaceleração no número de casos Miguel Medina / AFP

Número de casos de coronavírus desacelera na Itália, e país vê “luz no fim do túnel”

23 de março de 2020 Alta de 8% registrada nesta segunda-feira é inferior à média da semana passada


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

 

O crescimento do número de casos confirmados de coronavírus na Itália desacelerou nos últimos três dias, e começa a aparecer “luz ao final do túnel”, afirmou Giulio Gallera, principal responsável por saúde na região italiana da Lombardia, epicentro da crise na Europa.

Há, nesta segunda-feira (23), 63.927 casos confirmados de infecção por coronavírus na Itália, uma alta de 8,1% em relação ao dia anterior. Na semana passada, o crescimento vinha sendo da ordem de 10% ao dia.

— Hoje, podemos confirmar que a tendência é de desaceleração — afirmou Giulio Gallera, principal responsável por saúde na região italiana da Lombardia, epicentro da crise na Europa. — Não é ainda a hora de cantar vitória, mas podemos ver uma luz no fim do túnel.

Nas últimas 24 horas, o país registrou 601 novas mortes por coronavírus, e o número total chegou a 6.077.

A Itália é o país com mais mortes pela doença no mundo e o segundo em número de casos, atrás da apenas China.

No sábado, haviam morrido 793 pessoas, o maior número já registrado desde o começo da epidemia.

*GaúchaZH

Deixe seu comentário

error: Conteúdo protegido !!!