Santo Augusto

Secretaria de Saúde de Santo Augusto divulga informações sobre uso de ivermectina

9 de julho de 2020 Medicamento está sendo distribuído no município como medida preventiva à COVID-19!


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Pioneiro na região, o Poder Executivo de Santo Augusto está usando o medicamento  ivermectina como medida preventiva à COVID-19.

Segundo nota divulgada nesta quinta-feira, 09, pela Prefeitura,  “foi feita a aquisição inicial de dez mil comprimidos do medicamento, os quais estão sendo distribuídos através da Secretaria Municipal de Saúde”. De acordo com dados disponíveis no Portal da Transparência, o gasto foi de R$47.100,00.

Em entrevista à Rádio Querência, o prefeito Naldo Wiegert disse que trata-se de um tratamento profilático, ou seja, preventivo. “A ivermectina age como um antiviral que prepara o organismo para que o mesmo não aceite o vírus, desse modo,  mesmo o paciente sendo contaminado, não desenvolverá a doença”, disse o médico.

A Sociedade Brasileira de Infectologia divulgou, no dia 30 de junho, um informe sobre medicamentos que tem sido utilizados para COVID-19. Em relação aos antiparasitários, onde enquadra-se a ivermectina e a nitazoxanida, a SBI diz: “parecem ter atividade in vitro contra a SARS-CoV-2, porém ainda não há comprovação de eficácia in vivo, isto é, em seres humanos. Muitos dos medicamentos que demonstraram ação antiviral in vitro (no laboratório) não tiveram o mesmo benefício in vivo (em seres humanos). Só estudos clínicos permitirão definir seu benefício e segurança na COVID-19”.

Em relação a Santo Augusto, o Dr. Florisbaldo Polo, Diretor Médico da SMS, é um dos profissionais que defende a utilização do medicamento para prevenir doenças virais. Segundo ele,  “há vários estudos isolados e situações práticas, que demonstram resultados positivos com o uso de ivermectina”, porém, a prevenção não é uma política governamental, e por isso não é indicado pelo Ministério da Saúde. Ele frisou que trata-se de uma alternativa que visa prevenção para que se possa evitar a superlotação dos leitos destinados à COVID-19.

Cabe destacar que o protocolo do Ministério da Saúde, para pacientes internados com suspeita de COVID-19 libera o uso de três medicamentos: ivermectina, hidroxicloroquina e azitromicina.

Confira aqui a entrevista sobre a Ivermectina!

A Secretaria Municipal de Saúde informou que neste primeiro momento está sendo ofertada a medicação para os servidores da área da saúde, seguidos pelos demais servidores, e também para os idosos acima de 60 anos.

Em relação aos idosos, a Secretaria informa que essa distribuição ainda não iniciou, e que quando ocorrer será amplamente divulgada.

A Prefeitura destacou que a adesão é opcional e com consumo presencial. Para os munícipes que desejarem fazer a aquisição particular do medicamento, a orientação da SMS é de que sejam consumidos a cada 30 dias, em dose única, na seguinte proporção:

• De 15 kg a 20 kg: 1/2 comprimido.
• De 21 kg a 29 kg: 1 comprimido.
• De 30 kg a 59 kg: 2 comprimidos.
• De 60 kg a 89 kg: 3 comprimidos.
• De 90 kg a 119 kg: 4 comprimidos.
• De 120 a 150 kg: 5 comprimidos.

NÃO PODEM CONSUMIR ESTE MEDICAMENTO:

• Crianças abaixo de 5 anos ou abaixo de 15 kg.
• Gestantes ou lactantes (mulheres que estão amamentando).
Mais informações: (55) 3718-4356.

Ressalta-se que o uso profilático da ivermectina não significa que se possa relaxar nos cuidados com o distanciamento social e medidas de higienização.

3 respostas para “Secretaria de Saúde de Santo Augusto divulga informações sobre uso de ivermectina”

  1. Bernadete Pompeo de Mattos disse:

    Meus cumprimentos ao Prefeito, dr Naldo, pela iniciativa.

  2. Cristina Castelan disse:

    Meu filho já teve meningite viral há quase dois anos. É adolescente. Ele pode tomar?

    • kempf.maira disse:

      Em caso de dúvidas, o ideal é sempre procurar um profissional médico. Você também pode entrar em contato com a Secretaria de Saúde, através do número: 3781-4356!

error: Conteúdo protegido !!!