Importadas do site antigo

Governo do RS será disputado por oito candidatos

16 de agosto de 2018


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com o término do prazo para o registro das candidaturas, a plataforma do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou oito aspirantes ao Palácio Piratini. As últimas duas chapas registradas são encabeçadas por Eduardo Leite (PSDB) e por Paulo Oliveira Medeiros (PCO).

O tucano declarou R$ 32 mil em bens, sendo a maior parte em aplicações financeiras. Eduardo Leite terá como colega de chapa Delegado Ranolfo (PTB), que tem um total de R$ 397 mil em bens.

O candidato do Partido da Causa Operária informou à Justiça eleitoral um total de R$ 605 mil em bens, sendo R$ 450 mil referentes a imóveis. O vice-candidato da legenda ao governo do Rio Grande do Sul, Jeferson Mendes, não declarou bens ao TRE.

Além de Leite e Medeiros, os demais candidatos que concorrem ao Piratini são José Ivo Sartori (MDB), Jairo Jorge (PDT), Mateus Bandeira (Novo), Miguel Rossetto (PT), Roberto Robaina (PSol) e Júlio Flores (PSTU).

Perfil do eleitorado

perfil dos postulantes vai na contramão do eleitorado gaúcho. Hoje, o Rio Grande do Sul conta com 8,3 milhões de pessoas aptas a votar em outubro. Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), as mulheres – quase 4,4 milhões – perfazem 52,5% do eleitorado gaúcho.

Além disso, a maioria – 31,95% – detém ensino fundamental incompleto, totalizando 2,6 milhões de eleitores. Apenas 8,98% concluíram o ensino superior. O percentual equivale a 750.638 pessoas, segundo TRE.

 

Fonte: Correio do Povo

Os comentários estão desativados.