Andre Motta

NO TEMPO EM QUE O BRASIL JOGAVA BOLA

21 de junho de 2019


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Como tudo na vida evolui, no futebol não é diferente!

Nos últimos anos o futebol também evoluiu, com o avanço e auxilio da tecnologia dentro do gramado, no “jogo jogado” com esquemas táticos diferentes, o uso do famoso Tic-Tac e o mais recente VAR.

Eu sou meio “tiozão” quando se fala em futebol. Havia um tempo em que a Seleção Brasileira, os jogadores brasileiros, jogavam bola e o Brasil era reconhecido como o melhor futebol do mundo e assim deste jeito, ganhou cinco Copas do Mundo, mas o futebol evoluiu, não para o Brasil, hoje deixamos o nosso talento “engessado” nas funções táticas. Esquecemos que fomos reconhecidos pela ginga, pelo drible a capacidade de improvisação.

No tempo de hoje se fala muito em esquema tático, 4-1-4-1, 4-3-3, 4-5-1 é tanto ‘esquema’ que por vezes, não se consegue nem ver qual é o real esquema do time.

Na época em que o Brasil jogava bola se falava nomes de jogadores como Dunga, Taffarel, Bebeto, Romário, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo Fenômeno, Adriano Imperador, nessa época era o esquema que se adaptava ao jogador, agora o jogador tem que se adaptar ao esquema… sem fundamento.

Há poucos dias escutei um dos maiores meio-campistas do futebol brasileiro, Rivelino, dizendo o seguinte: “Para o futebol de hoje não importa mais o que o jogador faz com a bola, mas sim o quanto ele corre”. Só mais uma verdade!

Estão nos empurrando um futebol que não é nosso, e o pior é que estamos aceitando. Assim não conseguimos nem vencer a Venezuela, que dirá a Alemanha.

Hoje, nesta seleção da Copa América, o único que joga bola, é o Everton, os demais viraram auxiliares um do outro.

Assim vai o nosso futebol, quem sabe um dia consigamos evoluir e jogar o novo futebol. Joga bola Brasil, por favor!

 

 

 

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!