Plantão Policial

Produtor rural é assassinado dentro de casa no interior de Gentil, no Norte do RS

13 de janeiro de 2020


Curta e Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

Um produtor rural foi assassinado dentro de sua propriedade no interior do município  de Gentil, no Norte do Rio Grande do Sul, na noite de sexta-feira (10). De acordo com a Polícia Civil, um grupo de homens armados invadiu a propriedade da família e matou Nédio Luiz Fernandes de Lima, de 58 anos. A principal linha de investigação é de que o crime se trate de um latrocínio.

Segundo a Brigada Militar, quatro homens teriam invadido a propriedade rural que fica na localidade de Campo do Meio, interior do município de Gentil. Dois deles quebraram uma vidraça, entraram na casa da família e mataram a tiros o produtor rural, conforme a BM.

A execução foi na frente da esposa e do filho da vítima, de 10 anos. O motivo ainda é investigado, já que, de acordo com familiares, o produtor rural não costumava a se envolver em brigas.

“Era um tradicionalista. Um homem de família e que nunca se viu dizer que estivesse metido em confusão. Ninguém entende o porquê disso ter acontecido. É uma tristeza”, relata o ex-cunhado de Nédio, Juraci Melo.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Marau. De acordo com o delegado Norberto Rodrigues, ainda é preciso aguardar o resultado da perícia feita no local — que deve sair em 30 dias —, mas a principal linha de investigação é latrocínio (roubo seguido de morte).

 

“Não é possível descartar nada agora, mas o que o se acredita é que o produtor rural tenha sido vítima de um roubo frustrado. É nesse sentido que estamos focando as investigações.”

A Brigada Militar faz buscas na região, mas até o fim da tarde deste sábado ninguém havia sido preso. O enterro de Nédio Luiz Fernandes de Lima está marcado para as 18h no Cemitério Municipal de Ciríaco.

“Nós queremos justiça. As autoridades precisam descobrir quem é o autor e qual é o motivo desse crime para trazer nem que seja um pouco de alívio para essa família que tanto sofre”, acrescenta Juraci.

*G1/RS

Os comentários estão desativados.

error: Conteúdo protegido !!!